Nuss… E Agora?!?

14mai/101

Curso Online – Desenvolvimento de Jogos Digitais

desenvolvimento-de-jogos-digitaisInscrições abertas até o dia 24/05 para o Curso de Desenvolvimento de Jogos Digitais nascido de uma parceria entre o pessoal lá do Abrindo o Jogo e a Universidade Católica de Pelotas. O curso "apresenta técnicas de programação para criação de jogos digitais, com foco em métodos profissionais de trabalho", prometendo dar aos estudantes "conhecimento suficiente da indústria para posicionar-se no mercado de jogos independentes".

Para quem desanimou pela localização, saiba que o curso é inteiramente À DISTÂNCIA, sendo realizado pela internet. Para informações sobre preço (que está MUITO BOM), carga horária e ementa, recomendo uma visita ao Abrindo o Jogo.

12mai/100

Ibope de jogos eletrônicos, filmes e micros ultrapassa o de emissoras de televisão

A tabela abaixo, publicada no UOL, compara as maiores mídias do país em uma pesquisa realizada pelo Ibope. O que mais chama a atenção é o crescimento constante, chegando a passar emissoras como a Rede TV! e a Band.

audiencia-games

É o mercado de jogos ficando cada vez mais influente no Brasil.

28fev/100

Estatísticas de Videogames

Imagem auto-explicativa: uma sequencia de estatísticas do mercado de videogames, seu público e consoles da última geração. Ótima compilação do site Online Education.

22fev/102

Making Of – Mortal Kombat 3

Dica do Adauto, do Eu quero diversão, caramba! Os dois vídeos abaixo são gravações de como o jogo Mortal Kombat 3 foi produzido. Ele foi lançado em 1995, pela Midway, e foi um sucesso absurdo, mesmo com fãs indo contra certas mudanças como a morte do Johnny Cage, a ausência do Rayden, entre outros. Foi, sem dúvidas, um jogo importante para a história do Mortal Kombat. Espero que gostem de relembrar esses bons tempos tanto quanto eu.

5fev/102

Jogos de celulares são mais populares no iPhone

Ou, pelo menos, é o que mostra o gráfico da rede Mplayit que analisa a popularidade dos jogos nas plataformas celulares. Levando em conta os dados do gráfico, jogos são 47% dos aplicativos populares do iPhone, 30% do BlackBerry e 20% do Android.

grafico-mplayit

Se isso não te faz muito sentido, o site MacMagazine diz que "jogos só compreendem 20% dos mais de 130 mil apps de iPhone na rede Mplayit", o que dá uma quantidade de mais de 26mil títulos!

Seria essa uma tendência da Apple de caminhar para o mundo dos jogos? Se eu tivesse que apostar, colocaria minhas fichas num grande "sim".

20jan/102

Gamasutra fala sobre o mercado de jogos brasileiro

Esse foi, sem dúvidas, o buxixo do dia. Li tweets no @CrociDB, no @Loodo, no @diegocbarboza, no @rodrigoflausino e, claro, no @gamasutra (e agora no @NussEAgora também =P). O artigo "Inside Brazil's Video Game Ecosystem" (Por dentro do ecossistema de videogames do Brasil) postado hoje na Gamasutra e escrito por James Portnow é um raio-x imparcial sobre como andam as coisas no mercado de jogos aqui do Brasil, tanto no que diz respeito ao desenvolvimento, quanto à aprendizagem e comercialização.

8dez/090

O Bafafá das promoções de advergames.

Sim, está a blogosfera gamer toda falando sobre o recente acontecido em promoções relacionadas a advergames no Brasil. Quase todos linkam para o artigo Tem algo estranho no reino das promoções na web... do Fórum PCs. Estamos todos pegando carona no Ibope do assunto, mas o que vem a seguir é um desabafo do que tenho visto sendo postado por aí. Um desabafo de quem está preocupado com os efeitos negativos de uma mídia que me parece despreocupada com as consequências de seus atos.

28out/090

Modelando Bayonetta

Achei isso por acaso na internet: um estudo de caso da modelagem da Bayonetta, personagem principal do jogo homônimo ainda em desenvolvimento que, pelo design, me lembrou muito Devil May Cry.

Interessante como Kenichiro Yoshimura, o modelador da personagem, segue o tempo todo dando dicas e falando descompromissadamente, sem entrar em detalhes extensivos técnicos. Além disso, por ser algo atual, é extremamente válido para aqueles que não sacam ainda de todas as fases do desenvolvimento de um jogo de última geração. A forma com que ele tratou a maquiagem me lembrou muito o artigo Áreas incomuns relacionadas com GameDev do GamedevBR.

Seja para iniciantes ou por curiosidade, é leitura recomendadíssima: não é sempre que temos à disposição relatos de desenvolvimento da última geração.

Se quiser ler mais sobre Bayonetta, a wikipédia tem um ótimo artigo aqui.

1out/090

Conheça as etapas de produção de um game moderno – G1

Já foi publicado há algum tempo, mas achei extremamente válido postar mesmo assim: saiu na G1 o artigo Conheça as etapas de produção de um game moderno mostrando as etapas do desenvolvimento de um jogo digital da atualidade. Ele conta com um infográfico" (imagem interativa educacional) que torna o aprendizado intuitivo e interessante.

Quem é leitor antigo lembra que postei, ainda no início do Nuss... E agora?!? uma série de artigos (parte 1, 2 e 3) entitulada "Um por todos e todos por um: as diversas profissões necessárias para fazer um jogo". Se gostou da série não pode deixar de conferir o da G1.

Agradecimetos ao Rafael Barboza pela indicação do link pelo twitter

7set/092

Disney compra a Marvel. E daí?

A Disney compra a Marvel por uma fortuna e piadas nascem por toda a parte. Estávamos rindo sobre essas piadas no trabalho. Até no MSN com o Ricardo e o Adauto. Entre "Cavaleiros do Apocalipse x Irmãos Metralha", "Prof. Pardal x Sr. Fantástico" e "Pato Donald x Wolverine". Porém essa notícia trás muito mais que olhos piadistas conseguem alcançar: vocês já pararam para pensar no impacto disso no mercado de videogames?