Nuss… E Agora?!?

30jul/0911

Sobre jogos, inteligência artificial e sistemas especialistas: Akinator, o gênio da internet.

"TÁ DE BRINCADEIRA, NÉ? MAS COMO PODE?!" Ouço essa frase no trabalho, enquanto um dos colegas sai da frente do PC que mostra a foto da Vera Fischer. "Aí Tiago, tenta também!", disseram. Assim começa a minha história com Akinator, o gênio da Internet.

26jul/093

Decorando um jogo com o padrão de projetos Decorator – Parte 2

Para fechar o artigo anterior, como foi prometido, segue abaixo o diagrama do padrão de projetos Decorator. Apesar da longa explicação e do funcionamento diferente, o diagrama é bem simples:

20jul/094

Decorando um jogo com o padrão de projetos Decorator – Parte 1

Você e 4 amigos, uma esquadrilha de netherdrakes, helicópteros, grifos e hipogrifos, girando por Oshu’gun enquanto procuram o gigante comedor de dragões Durn the Hungerer. Apesar da ameaça, vocês estão confiantes em seu grupo. O entardecer de Nagrand mostra a silhueta do gigante no horizonte e vocês sabem que a hora chegou.

A luta foi perfeita: o gigante arrasou com o grupo nos 20s mais estilosos que qualquer monstro do World of Warcraft já viu. Depois de 15min de brigas sobre quem tem a culpa, alguém descobre que o grupo não estava tão preparado assim. Todos então resolvem melhorar seus equipamentos... Mas como?

Apresento-lhes a morte do grande gigante, o padrão Decorator.

11jul/094

Links que eram prá já estar no blogroll…

... e que não foram. Bom, antes tarde do que nunca.

Outro blog engatilhado pelo Flausino, sobre notícias relacionadas ao mundo dos jogos. Ao pessoal que tem seus Sonies, vai a dica do próprio site: eles se focam mais na Sony por serem as plataformas dos colaboradores. Fiquem de olho.

Quer programação? Tem. Quer notícias? Tem. Quer códigos? Também tem.  Tem até seu próprio jogo (em Action Script 3.0 o/), o Music Shooter. Muito bom mesmo.

O mercado brasileiro de desenvolvimento de jogos por alguém que está realmente no mercado brasileiro de desenvolvimento de jogos.  NÃO DEIXE DE LER a série Subsistemas que todo  jogo deve ter (partes 1 e 2): é uma lição em game design, seja qual for o tipo de jogo que pretende-se fazer. É uma injeção de qualidade na blogosfera gamer.

Loodo conta com inúmeros artigos sobre, claro, o desenvolvimento de jogos. Está repleto de artigos de alto nível, lembrando muito aqueles sites que, até anos atrás, você só encontrava em inglês. Alta qualidade condensada em artigos assim, para quem quiser visitar e ler. Fumaça e Espelhos e seus comentários somam o material de uma das melhores páginas sobre desenvolvimento de jogos que já li.

"Pensamentos de uma gamer", acho que assim que defino o Disk Chocolate. Nele você acha de análises de mecânicas de jogo a artigos que transcendem os jogos eletrônicos e vão direto às raízes de qualquer tipo de jogo, como esse ótimo artigo sobre imersão (que me fez querer ter sido o autor,diga-se de passagem).

Outro muito bom. O artigo jogadores usando save/load nos games lembrou-me da época dos timeruns de Perfect Dark e Diddy Kong Racing, quando meses de repetidas sessões da mesma fase eram necessários para melhorar alguns segundos. Lembrou-me também daquelas comunidades de perfect runs em emuladores, onde cada passo bem dado é gravado automaticamente e um cenário de erro é repetido várias vezes até que o improvavel aconteça. Também recomendo o artigo Introdução aos jogos RPL, que eu definiria como RPGs educacionais.