Nuss… E Agora?!?

28jul/083

Meme: Os jogos que já joguei

Ó eu iniciando um Meme. Há tempos eu estava para fazer uma lista com todos os jogos que joguei até hoje e, prá ser sincero, ô trabalhinho difícil. Muita coisa foi simplesmente apagada do meu cérebro ou lançada num buraco qualquer lá no subconsciente... como resultado eu fui adiando, adiando, adiando até que a lista se tornasse completamente inviável.

Categorias: Meme Leia mais...
15jul/081

Mais um na área.

Logo assim que comecei à me aventurar pelo Flash prá terminar nosso projeto final, eu entrei em contato com o Rafael Lima através do Orkut. De lá pro MSN foi um pulo e, graças à Deus, muito produtivo. Ele sempre solícito, tirou muitas das nossas dúvidas ainda do tempo do AS2.0.

E não é que ele resolveu criar um blog?! Agora vocês podem também aprender com o Rafael no Rafael-Lima.blog sobre jogos em Flash, programação, ferramentas e sabe-se mais o que ele venha a postar. É claro que também já estou assinando os feeds, né? Conhecimento nunca é demais ;)

Muita sorte, sucesso e leitores nesse seu novo brinquedo, cara.

10jul/080

“Talvez normalizar não seja normal”

Hoje vai mais um lembrete que propriamente um artigo: a idéia dele me foi mandada pelo Mário. Ele me mandou esse artigo em inglês lá do Coding Horror que mostra problemas causados pela extrema normalização em Banco de Dados.

Prestem bastante atenção quando o Jeff Atwood diz que "você deve normalizar quando os dados te disserem para fazê-lo" e não simplesmente por ser mais elegante ou teoricamente correto. Isso não significa que seu código deva ser anárquico, completamente contrário às regras de boa programação, e sim que ele seja adequado ao que escopo que o projeto prevê.

Para quem quiser mais informação sobre essa lógica, coloquei aqui no Nuss... e Agora?!? há algum tempo o artigo Padrões de Projeto: questão de bom senso. Ele fala exatamente sobre essa briga entre os pontos de vista de "faça por ser útil" e "faça por ser elegante" focado na análise de sistemas.

Lembrem-se: "Adequação, não perfeição"